Semana 38/52

23 de setembro de 2016

Estamos a entrar a passos largos na reta final deste ano.
Os miúdos já estão adaptados às novas escolas. Já eu continuo a sofrer assaltos permanentes à carteira, porque todos os dias vem um pedido novo de material. Bah! 
A Diana, porém, ontem disse que já não queria ir à escola. Já está muito cansada. Ahahahah! Ainda agora começou o fandango.
Esta semana já se notaram as manhãs e os fins-de-tarde a ficarem mais frescos. O edredom já voltou à nossa cama. 
E ontem começou o Outono! A minha estação do ano preferida.
Venham os dias de sol, mas que já pedem um casaquinho, ocasionalmente uma chuvinha que já pede um chá. Venham as pantufas, as castanhas e a batata doce. Venham os serões de crochet com a mantinha por cima das pernas.

Não pode ser só cascar

20 de setembro de 2016

4 dias de novas rotinas. Rotinas essas que exigem deles mais autonomia e independência, ou seja, mais responsabilidade. Correndo o risco de estar a cantar de galo antes da hora, só tenho uma palavra para os meus filhos: orgulho. 

23 dias depois...

19 de setembro de 2016


Volto a estar "online".

Esperar pelo subsídio de Natal para ir à fruta

19 de setembro de 2016

Era ontem que eu ia provar uma beleza destas, quando mais não fosse para dizer que sabia a água.
Mas depois de pesar UMA que era pouco maior que um pêssego {e de a ter voltado a pesar, só para me certificar que a balança não estava a "cuspir" etiquetas erradas}, voltei a pô-la no lugar. 7,28€ é um valor demasiado exótico para uma única peça de fruta.

Setembro

19 de setembro de 2016

Entrar na rotina não é fácil mas, não sei quanto a vocês, acho que chega uma altura em que até parece que já ansiamos por alguma ordem, regras, um plano.
O regresso às aulas permite isto mesmo. Entrar na linha. E até parece que vivemos os fins de semana com outro entusiasmo. Eu ainda ando a ajustar-me aos novos horários da miudagem. 
Ponto positivo nº1: este ano ela levanta-se mais cedo, o que nos dá uma janela de meia-hora matinal juntas. = a penteados. Acabou-se a era "não-tem-mãe-que-olhe-por-ela-cabelo-solto-embaraçado-que-às-cinco-da-tarde-mais-parece-um-ninho-de-ratos". Ponto positivo/negativo nº2: ele vai a casa almoçar quase todos os dias/eu tenho de cozinhar mais.
Ontem foi o último fim-de-semana deste verão. Bem sei que, pelas previsões da meteorologia, os dias de calor ainda estão longe de irem embora mas fomos a modos que celebrar o fim do estio com um gelado bem bom {Gelato Davvero}. Ainda houve tempo para apanhar um solinho à beira do rio, a ver passar os cacilheiros.

Regresso às aulas

15 de setembro de 2016

5º e 7º ano. Primeiro dia a sério. Hoje. Não consegui dormir bem. Acordei eram 4h30 da manhã. Nem quando entraram para a primária isto me aconteceu. Estou velha. 
Notas mentais: vou ter muito mais trabalho com refeições. Mais velho almoça todos os dias em casa. Mais nova leva marmita duas vezes por semana (porque disse logo que sandes não era com ela) e nas outras duas vem almoçar a casa. Listas de menus precisam-se. Deixar isto ao improviso vai torrar-me os miolos muito depressa.
Continuo a dar voltas à cabeça na tentativa de encontrar um equilíbrio entre autonomia/proteção nisto de arrumar dois horários diferentes na nossa rotina diária.
Olheiras no auge. Vai passar.

Aproveitar os últimos dias de verão

12 de setembro de 2016

Diz que passou mais um ano sobre a data do nosso casamento no dia 8 de Setembro. Já lá vão 14. ♥ 
Também diz que amanhã cai a primeira chuvinha a anunciar o Outono que está quase, quase a chegar.
Aproveitámos a tarde de domingo para ir à praia, muito embora não tenha tido coragem de dar um mergulho. Os miúdos divertiram-se com os primos e nós apanhámos um solinho bom. 
As aulas começam dia 15 mas, incrivelmente (ou não) ainda não saíram os horários ou as turmas, sequer. Um mimo para nós, pais, que nos queremos organizar.
Hoje foi também dia de mais uma amiga virtual passar a real. Claro que eu, desastrada-mor causei logo uma excelente impressão com a minha entrada magistral. Ia-me estatelando ao comprido. Mas vá lá, consegui equilibrar-me. Podes admitir Raquel, contiveste o riso. Hahaha! Foi um encontro relâmpago, mas foi giro ver-te ao vivo e a cores.

Semana 35/52

2 de setembro de 2016

Não há fotos desta semana. Continuo Insta-outcasted! Não está fácil.
Mandar vir coisas da China serve para nos testar e aumentar a paciência. 
Dissémos adeus a Agosto e olá a Setembro. Pena que o calor mortífero não se tenha ido embora também. Qualquer coisa entre os 20º C e os 25º C já seria suficiente, mas não, para segunda-feira preveem 38º C e é um calvário vir trabalhar nestas condições.
Estou constantemente a borbulhar suor pelo buço e os óculos escuros escorregam-me nariz abaixo. Não é uma visão agradável.
Os miúdos ainda estão de férias e digamos que, não foi uma semana fácil. Eu sou a rainha da procrastinação e lamentavelmente acho que esse gene passou para os meus filhos com uma ligeira mutação, pelo que nesta fase a coisa anda ali entre o 1.dou-lhes mais uma oportunidade ou 2.começa agora o bootcamp das tarefas domésticas. O pai claramente já passou à hipótese 2. Os telemóveis foram confiscados e permanecerão em esconderijo secreto até novos desenvolvimentos. Isto tudo porque estiveram 3 dias sem tomar banho e, derradeiramente, mentiram-nos para encobrir o feito, como se o cabelo empastado e pestilento não fosse percetível a olho nu (para além de nunca limparem os quartos senão debaixo de forte autoritarismo, fazer camas é um tédio e tudo quanto lhes pedimos é sempre muito difícil e há sempre muita reclamação). O telemóvel, a tv e a playstation são sempre mais apelativos e não têm tempo para mais nada. Acreditam que a gata vomitou em cima da cadeira do Gabriel e um pouco no chão e eu fiz-me de morta e não limpei, porque afinal é o quarto dele e não lhe cai uma mãozinha, certo? Guess what? Ontem, quase DEZ dias depois do sucedido, lá estava o vómito, agora já fóssilizado, claro. Ora se não vai a bem, vai a mal. Foi obrigado a limpar "ai o nojo", "não quero saber". Time's up you guys! Chega de inércia.
Ontem limparam o canteiro que estava cheio de ervas secas. Despejar o lixo, pôr a mesa, limpar o pó, ler um livro, ir para a rua brincar, apanhar a roupa do estendal, dobrar meias e cuecas e o que mais me lembrar vai passar a estar na ordem do dia (para além dos deveres da escola, que em breve voltarão a fazer parte da rotina). E os telemóveis precisam de novas regras. Não tive filhos para agora andar a criar zombies.
Posto isto, chega de rabujige e venha de lá o fim-de-semana.

Juro que ia só comprar cadernos (uns 15)

31 de agosto de 2016

Mas vai daqui, bota duas colas no cesto e mais umas borrachas, e o afia dele está partido, e lápis de carvão, se calhar vou já levar uns marcadores fluorescentes e lápis de cor e canetas de feltro e um cartão de memória e num abrir e fechar de olhos, chego à caixa e toma lá uma daquelas verdinhas para pagar a conta.

Doing the laundry of an eleven year old

30 de agosto de 2016

Eu sou péssima a matemática mas, tendo em conta que enviei 8 cuecas para o meu filho e 6 retornaram a cheirar a amaciador depois de uma semana no mato, direi que em sete dias mudou de cuecas....pois...isso...

Proudly designed by | MLEKOSHI PLAYGROUND |